• Steilen Berg

A origem da cerveja se perde no tempo



A cerveja é tão representativa na história da humanidade que o mais antigo código de leis conhecido, o de Hamurabi da Babilônia (cerca de 1.770 AC), declarava que a pena de morte poderia ser imposta àqueles que diluíam a cerveja que vendiam.


Próximo de 500 AC, a bebida ganhou o nome que a companha até hoje: Bebida de Ceres (Deusa romana da fertilidade agrícola) = Cerevisia, Cerveja.


Por volta de 1040 DC houve decisiva contribuição dos monges Beneditinos da região de Weihenstephan, Baviera, no sul da Alemanha, com a adição do lúpulo, a produção seriada e a comercialização.


Na América do Sul, séculos antes da chegada dos espanhóis, os incas já bebiam cerveja de grãos de milho.


Você sabia que a maioria das bebidas que eram elaboradas com cereais há mais de 8.000 anos é hoje considerada como cerveja? Pela sua disponibilidade para o uso na alimentação desde a antiguidade, o trigo acabou sendo o cereal base das primeiras cervejas.


Os sumérios e egípcios produziam cervejas há mais de 5.000 anos. Os babilônios já fabricavam mais de dezesseis tipos de cerveja de cevada, trigo e mel há mais de 4.000 anos antes de Cristo.


#portoalegre #cerveja #beer #cervejaartesanal #bar #craftbeer #cervejagelada #bier #instabeer #churrasco #chopp #amigos #happyhour #beerlover #beerstagram #cheers #cervejaria #beers #steilenberg

13 visualizações

© Steilen Berg por Carpes – 2019